domingo, 23 de julho de 2006

RS PARADESPORTO CONQUISTA 5a COPA CIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL

Os Guerreiros venceram de forma incontestável a 5a edição da Taça Cidade de Santa Cruz do Sul de Basquete em Cadeira de Rodas. Foram 4 vitórias, com apresentações irrepreensíveis, que renderam ao time do RS PARADESPORTO mais uma conquista que referenda a condição de melhor equipe do basquete gaúcho.
A primeira partida começou intrincada. Depois de um início vagaroso e repleto de erros, bem como de total falta de sintonia na marcação do perímetro, os Guerreiros permitiram que a equipe da PUC/RS virasse no intervalo com uma vantagem de 18x16. A segunda etapa, todavia, registrou a completa alteração do panorama. O RS PARADESPORTO alterou sua marcação, passando a anular completamente o adversário através do sistema homem a homem por toda a quadra. Os jogadores da Universidade sequer ultrapassavam a linha defensiva e com isso os Guerreiros chegaram facilmente a um dilatado placar de 38x20 (parcial de 22x2 no período final).
O segundo jogo registrou vitória sobre a equipe da ADESCAN de Canoas pelo placar de 32x12. Destaque positivo para a primeira etapa da partida, quando os novos jogadores da equipe deram conta do recado e venceram o combate por 12x2, sem dar chances à experiente equipe adversária. Neste momento o time era composto por Paulinho (22 anos), Guilherme (17 anos), William (19 anos), Vitor Eloy (21 anos) e por Beto (35 anos, mas que iniciou na prática do basquete há menos de 3 meses). Tal fato revela, sem dúvida, que o canteiro de formação de novos atletas do RS PARADESPORTO é uma fonte inesgotável e que o trabalho de garimpo de jovens potenciais sempre é o melhor caminho a ser seguido.
A terceira partida foi a final antecipada da competição. Diante dos tradicionais adversários de Caxias do Sul, esperava-se um confronto complicado. Mas já na primeira etapa os Guerreiros deram conta do recado, realizando uma apresentação irretocável. Foi a melhor partida da equipe que soube cumprir sem falhas a proposta de marcar em zona aberta e explorar a velocidade nos contra-ataques. Os caxienses tiveram pouquíssimas oportunidades de ingressar no perímetro e, com isso, a vitória do RS PARADESPORTO foi sendo construída a cada ataque, com velocidade, técnica e precisão nas conclusões.
A última partida, contra os donos da casa, já revelava um clime festivo pela conquista. Nova oportunidade para os novatos da equipe cumprirem o seu papel. Ao final, com a vitória de 30x12, o RS PARADESPORTO consolidou uma grande campanha e sagrou-se campeão, mais uma vez, de uma competição envolvendo as melhores equipes do Rio Grande do Sul.
Parabéns aos Guerreiros que estiveram presentes em mais uma conquista: Paulo Roberto Dahlneimer, Guilherme Bratsvolt, Luis Roberto Nolasco, Claudiomiro dos Santos, Vitor Hugo Eloy, Luiz Portinho, William Silva e Artur "Dino" Rodrigues, e, também, ao piazito Alex dos Santos, apoio.
Destaques positivos, também, para a arbitragem que registrou bom nível, apesar da inexperiência, e, sobretudo, à organização que acolheu muito bem todas as delegações, proporcionando uma oportunidade ímpar de desenvolvimento à todas as equipes gaúchas.

2 comentários:

Paulo Sanchotene disse...

Parabéns, Portinho! Como é que está a entrada de novos cadeirantes no clube?!

Anônimo disse...

você apresentam alto nível técnico...com todas as pessoas que falei, todas citaram a habilidade dos jogadores da RS Paradesporto, principalmente do Paulinho e do Vitor hugo...agradeço pela participação de vocês...só fiquei um pouco magoado, pois você pediram um alojamneto e conseguiram ter apenas 2 atletas na cerimônia de abertura...todas as outras equipes ficaram muito bravs com a atitudes de vocês...no mais obrigado pela apresentação....Rafael Codesc Santa Cruz